Vamos falar de extensão de tronco?

unnamed
No ano de 2004 foi publicado um artigo na Revista Bra. de Medicina do Esporte no qual o objetivo era avaliar o efeito do método Pilates sobre a função dos extensores e flexores de tronco.

Vemos que a incapacidade de estabilização da coluna vertebral causada pelo desequilíbrio entre a funções dos músculos extensores e flexores do tronco é um forte indício para o desenvolvimento de distúrbios da coluna lombar.

A lombalgia é um dos mais comuns problemas da sociedade moderna, representando grande parcela de gastos na área de saúde pública. Estima-se que o gasto ficou em torno de 20 bilhões de dólares durante a década de 90.
fisio-na-lombalgia
Para a realização do estudo foram selecionadas 20 pessoas para executar os exercícios intermediários e avançados com 20 sessões durante 12 semanas.

Viu-se que a função dos extensores do tronco apresentou aumento em todos os parâmetros analisados. E com relação aos flexões foi detectado discreto aumento para o trabalho. A maioria dos selecionaram depois da pratica do método abandonou o uso da medicação devido à grande melhora trazida pelo método.

Conclui-se que o método pilates mostrou-se uma eficiente ferramenta para o fortalecimento da musculatura extensora do tronco, atenuando o desequilíbrio entre a função dos músculos envolvidos na flexão e extensão do tronco.

marcos colunista

Share